Principal >> Noticias Do Mundo >> A Time nomeia a chanceler alemã Angela Merkel como ‘Pessoa do Ano’

A Time nomeia a chanceler alemã Angela Merkel como ‘Pessoa do Ano’

Merkel liderou uma pequena lista de finalistas que incluiu o candidato presidencial republicano dos EUA Donald Trump, que ficou em terceiro, e o líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, que foi vice-campeão.

Angela Merkel, hora, pessoa do tempo, revista do tempo, pessoa do tempo do ano, Angela Merkel, merkel, últimas notícias, chanceler alemãoChanceler da Alemanha, Angela Merkel

A revista Time nomeou hoje a chanceler alemã Angela Merkel como Personalidade do Ano de 2015, dizendo que sua liderança ajudou a preservar e promover uma Europa aberta e sem fronteiras em face da turbulência econômica e uma crise contínua de refugiados.

Saudando sua liderança, a revista disse que escolheu a chanceler alemã para a homenagem anual porque sua liderança ajudou a preservar e promover uma Europa aberta e sem fronteiras em face da turbulência econômica e uma crise contínua de refugiados.

O líder do Estado Islâmico, Abu Bakr Al-Baghdadi, e o candidato à presidência republicana Donald Trump estavam entre os oito candidatos selecionados pela revista Time na segunda-feira para seu título anual de 'Pessoa do Ano'.

ASSISTA VÍDEO: Angela Merkel premiada com a Personalidade do Ano de 2015 da TIME

O primeiro-ministro Narendra Modi, o presidente da Reliance Industries, Mukesh Ambani, e o CEO indiano do Google, Sundar Pichai, estavam entre os 58 líderes globais, chefes de negócios e ícones pop que a Time havia nomeado como candidatos à homenagem anual, mas os três não chegaram ao lista final.

Modi também concorreu ao prêmio no ano passado e, embora não tenha sido eleito a Personalidade do Ano pelos editores da Time, foi eleito o vencedor da votação dos leitores, garantindo mais de 16 por cento dos quase cinco milhões de votos expressos.

Entre os oito candidatos finais está Al-Baghdadi, que a Time disse como líder do ISIS inspirou seguidores a lutar em seu auto-declarado califado do Iraque e da Síria, e também a encenar ataques em países como Tunísia e França.