Principal >> Mundo >> México: 17 pacientes mortos quando as enchentes atingiram o hospital

México: 17 pacientes mortos quando as enchentes atingiram o hospital

Chuvas torrenciais inundaram um hospital no centro do México. Mais de uma dúzia de pessoas morreram - muitas das quais foram hospitalizadas com o coronavírus.

Chuvas torrenciais causaram enchentes que inundaram repentinamente um hospital em Tula, no estado de Hidalgo. (AP)

Pelo menos 17 pacientes morreram depois que uma enchente atingiu um hospital no centro do México, interrompendo o fornecimento de energia e danificando o equipamento de oxigênio, disseram as autoridades na terça-feira.

O presidente mexicano, Andres Manuel Lopez Obrador, exortou os moradores em risco a buscar abrigo, áreas mais altas ou a ficar com amigos ou parentes.

[oovvuu-embed id = bbe0bf05-485b-43dc-9413-71c8763a3432 ″ frameUrl = https://playback.oovvuu.media/frame/bbe0bf05-485b-43dc-9413-71c8763a3432″ ; playerScriptUrl = https://playback.oovvuu.media/player/v1.js%5D

Neste trabalho honroso existem dias bons, muito bons, ruins e muito ruins; hoje é um dos últimos dias, Lopez Obrador tuitou. Estou muito triste com a morte de 17 pacientes do hospital.

Ele acrescentou: Caiu muita chuva no Vale do México e continuará chovendo.

Processo de evacuação

Um vídeo do Instituto Mexicano de Seguro Social (IMSS) disse que cerca de 40 outros pacientes sobreviveram enquanto as águas submergiam o centro de Tula, cerca de 60 milhas (100 quilômetros) ao norte da Cidade do México.

Neste momento, as manobras de resgate estão a ser realizadas no HGZ No.5 Tula, Hidalgo, tuitou o IMSS.

Assim que os últimos 20 pacientes forem evacuados, começaremos a evacuar nossa equipe, que sempre esteve ao pé do cânion.

A maioria das vítimas eram pacientes Covid-19

Imagens de vídeo de dentro do hospital mostraram água na altura dos joelhos enquanto a equipe tentava freneticamente evacuar ou mover os pacientes para um local seguro. A diretora do IMSS, Zoe Robledo, disse que as enchentes interromperam a energia da área e também dos geradores do hospital.

Ele acrescentou que o hospital estava cuidando de 56 pacientes quando o hospital inundou.

A mídia mexicana relatou que a maioria das pessoas que morreram no hospital atingido pela enchente eram pacientes que sofriam de Covid-19.