Principal >> Família >> Como ajudar seu filho a socializar antes da pré-escola

Como ajudar seu filho a socializar antes da pré-escola

De vez em quando, você pode combinar encontros para seu filho com crianças da mesma idade, de primos a outras crianças. Encontrar outras crianças com frequência irá encorajá-las.

paternidade, criança socializandoSeu filho levará algum tempo para se abrir e começar a interagir. (Fonte: Getty Images)

Seu filho pode ter dificuldade em se relacionar com os colegas de classe na pré-escola. E isso é compreensível porque nem todas as crianças reagirão da mesma forma com outras em uma situação social. Para ajudar seu filho a se sentir mais à vontade para socializar, aqui estão algumas maneiras de prepará-lo antes de colocá-lo na pré-escola.

Mantenha suas expectativas sob controle

Seu filho levará algum tempo para se abrir e começar a interagir. Em primeiro lugar, os pais precisam avaliar as habilidades de socialização de seus filhos de acordo com sua idade. As crianças inicialmente brincam sozinhas, gradualmente começando a se envolver em jogo paralelo onde brincam lado a lado seguido de brincadeira associativa onde começam a se interessar por outras crianças.

Organizar playdates

Você pode combinar encontros para seu filho de vez em quando com crianças da mesma idade, de primos a outras crianças em casa ou em parques infantis. Encontrar outras crianças com frequência irá encorajá-las.

Faça com que eles participem de um grupo

Você também pode fazer as crianças participarem de uma atividade divertida em grupo. É bom apresentar seu filho a diversos grupos de crianças desde tenra idade e motivá-los a navegar. As crianças também podem ter essa oportunidade em um creche .

Entre quando necessário

Se seu filho for muito tímido, você pode intervir e ajudá-lo a se relacionar com outras crianças. Embora você não deva intervir muito nas brigas e desentendimentos de seu filho, esteja envolvido o suficiente para garantir que ele permaneça seguro.

Dê-lhes tempo para descobrir

Seu filho não aprenderá a se socializar da noite para o dia. Recomenda-se que os pais não os pressionem muito, mas dê-lhes tempo suficiente para resolver as coisas por conta própria. Pode haver choro ou pequenos confrontos durante a resolução de situações sociais, mas os pais devem evitar entrar em pânico e apoiar o filho.